Expresso Mulher

Tudo sobre o mundo feminino você encontra aqui!

O famoso sapato com o solado vermelho

Foto de marcinha

Muitas mulheres são alucinadas por sapatos e se for com o solado vermelho, então... e para ter algum destes no armário, são capazes de pagar valores absurdos por eles.As mulheres falam tanto a respeito deste estilo de sapato e muitas vezes, nem sabem a origem destes. Você, por acaso sabe como estes sapatos foram inventados?

Christian Louboutin nasceu em Paris e se encantou por uma imagem de uma mulher vestindo um sapato de salto alto afiado. Este encantamento fez com que ele começasse a desenhar sapatos e aos 12 anos confeccionou os seus primeiros sapatos.

Enquanto desenhava um sapato percebeu que precisava dar um toque especial á ele e foi quando avistou a sua assistente pintando a unha. Então, ele pegou o vidro de esmalte da assistente e pintou a sola do sapato e desta forma, sua marca registrada teve início.

Louboutin disse que queria que as mulheres deixassem uma imagem quando vistas indo embora. Contudo, tornou-se um designer de calçados e abriu a sua primeira loja em 1991 em Paris.

Hoje, existem mais de cem lojas com a marca dele espalhadas pelo o mundo. No Brasil, existem três lojas e nas três, assim como em todas as outras lojas do designer, existe o tapete vermelho para receber seus clientes como uma referência a sola vermelha de seus sapatos.

O sapato scarpin com salto de 10cm, é o modelo mais vendido do designer e custa em média no Brasil R$ 2 mil reais e alguns outros modelos podem chegar a custar mais de R$ 10 mil reais.

Além dos sapatos femininos, Louboutin também assina a linha masculina, uma variedade grande para quem gosta de comprar e o principal, gastar. São utilizados vários adornos e combinações de cores. Para as mulheres, além dos sapatos com salto alto, ainda tem em sua coleção as rasteiras.

Você é capaz de pagar qualquer valor por um sapato com o solado vermelho?

Compartilhe:
Categoria: 
Marcinha Borba
Paulista, cirurgiã-dentista e pós-graduada em Periodontia. Apaixonada por sua família e amigos. Descobriu o prazer em escrever e compartilhar temas relacionados ao mundo feminino.