Expresso Mulher

Tudo sobre o mundo feminino você encontra aqui!

Bucha para o banho é um abrigo de bactérias

Foto de marcinha

Você é daquelas mulheres que adoram usar a bucha vegetal para o banho cheinha de sabonete, seja para se sentir melhor ou para remover as células mortas da pele ? Então, leia este post.

Tudo bem que usar uma bucha na hora do banho não é nada ruim, mas você sabia que quando mal conservada, esta bucha torna-se um grande abrigo para bactérias?

Um estudo realizado em 1994, publicado no Journal of Clinical Microbioly, demonstrou que a bucha vegetal de cucurbitácea pode abrigar e transmitir a bactéria Pseudomonas aeruginosa, que é responsável por infecções hospitalares.

Mas calma lá, a bucha vegetal também tem algumas vantagens. É considerada um esfoliante natural, abre os poros,  ativa a circulação sanguínea e pode ser usada no corpo inteiro, com excessão do rosto.

Ao usar a bucha vegetal, cuidado para não esfregá-la demasiadamente na sua pele, porque poderá ocasionar lesões, favorecendo a entrada de bactérias.

Normalmente nós colocamos a bucha após usada, pendurada dentro do box ou em algum recipiente, porém não a higienizamos corretamente antes de deixá-la lá. Quando agimos desta maneira, as bactérias consomem as células mortas que retiramos de nosso corpo e que estão entre fibras da bucha, ajudando na proliferação destas bactérias.

Podemos até pensar que se as bactérias estão na bucha, então quando fomos nos banhar novamente estaremos passando a bucha com bactérias no nosso corpo. E isso está totalmente correto! Estaremos passando as bactérias do banho passado, no banho atual.

Outra coisa, não vá pensando que se encher a bucha de sabonete irá resolver o problema, porque não vai não, na verdade, só estará passando bactérias cheirosas no seu corpo. 

Mas o pior não é isso. Imagine se a bucha que você usa, também for usada por outras pessoas da casa?

Não esqueça que os nossos poros e feridas são vulneráveis ás bactérias, sendo assim, estas bactérias que estão alojadas na bucha, podem acarretar infecções por estafilococos.

Uma dica fácil e simples de limpar a bucha é lavá-la bem após o banho com o próprio sabonete ou sabão e deixá-la secar totalmente. Evite deixá-la pendurada em locais úmidos e com pouca ventilação. Outra dica legal, é colocar a bucha vegetal em um recipiente com água no microondas por aproximadamente 15 minutos, mas se você preferir, pode deixá-la ferver em uma panela mesmo pelo o mesmo tempo. Faça isso pelo menos uma vez por semana.

Não se esqueça que mesmo que você higienize sua bucha, sempre que possível, troque-a. Principalmente se houver mudança de cor, se ficar gelatinosa e tiver odor.

Os dermatologistas, normalmente não indicam o uso da bucha de banho, pelo menos não diariamente, já que acaba removendo um pouco da proteção natural da pele, tornando-a mais sensível.

Para quem é muito adepto ao uso das buchas, hoje em dia, já existe no mercado a bucha descartável que acaba sendo uma boa saída. Tudo bem que ainda não lançaram buchas vegetais descartáveis, mas por enquanto, talvez as outras buchas possam te auxiliar.

Fique sempre atenta a sua saúde!

Compartilhe:
Categoria: 
Marcinha Borba
Paulista, cirurgiã-dentista e pós-graduada em Periodontia. Apaixonada por sua família e amigos. Descobriu o prazer em escrever e compartilhar temas relacionados ao mundo feminino.